Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Heart of Coconut

se houvessem todas as palavras

 

eu gostava de poder gritar se me deixassem, gostava de poder voltar atrás se me deixassem, eu gostava de que o amor não tivesse destruído tudo.

um dia conheci alguém que julgava que nunca sairia da minha vida, éramos crianças, éramos felizes, crescemos juntos, rimos mais que tudo e todos, era toda um ingenuidade feliz que devia ter ficado para sempre acima de qualquer outra coisa. O tempo passa, duas pessoas crescem, tornam-se subtilmente adultas, partilham momentos e promessas... promessas de para sempre, promessas de não importa o que nos rodeará ficaremos sempre juntos. Ainda que para mim não haja sempre nem nunca, eu acreditei, eu não duvidei.

 

Hoje olho para trás e tudo se foi... foi porque não somos mais crianças, e as promessas tornam-se grandes quando os actos vão de encontro ao que julgamos querer num futuro próximo. Deixei tudo o tinha para trás, e acreditei que ia ser feliz, infelizmente não se tornou realidade. Hoje vejo que esse alguém consegue ser feliz sem mim e que tudo o que eu fiz para estarmos juntos hoje foi em vão... quando me é capaz de dizer que o meu amor foi uma ilusão que lhe dei.

 

Estão a fazer-se 2 anos desde a decisão que tomei de deixar algo muito bom para trás, para correr atrás de outra coisa muito boa. E a conclusão é que de nada valeu quando tudo o que fiz não é suficiente para mostrar que amei alguém. 

Hoje, a quatro dias do aniversário do nosso primeiro beijo, chorei... Chorei talvez porque não tenha sido compensada por amar alguém pelo qual não olhei a meios para ficar mais perto. Hoje, dói ser julgada por me custar tentar recuperar algo quando a mágoa de se conseguir deixar alguém para trás quando se fazem promessas sérias que não me conseguem deixar avançar. 


E não é de hoje... que não consigo ser feliz.
Mas é hoje que digo que ainda não consigo não deixar de amar... mas que é hora de eu ser feliz também.

4 comentários

Comentar post

Facebook

Instagram




Parcerias

Comentários recentes

  • Sara

    Eu adoro a Emma, coitadinha!

  • Sara

    Já tinha tantas saudades tuas!!!

  • Chic'Ana

    Não vi este filme, mas pelo trailer deve ser muito...

  • Sara

    Oh meu que querida!!! Obrigada, espero bem que sim...

  • maryjane

    Inês, não consigo aceder ao teu blog :(

Contacto




Partilhem comigo e deixem-me partilhar sonhos. Responderei a todos os emails e pedidos de parcerias.